TEXTOS EAD (Os textos publicados nesta sessão são de responsabilidade dos autores)

Educação a Distância no Brasil: Retrocesso no Marco Regulatório ou Futuro Híbrido?07/06/2024Os resultados deste estudo mostram que ainda persiste um preconceito em relação à EaD, que inclui prejulgamentos, aversão e exclusão dos benefícios da EaD. A surpresa em relação ao crescimento do número de alunos e cursos a distância no ensino superior está associada à falta de uma política pública estruturada e a processos de avaliação, supervisão e regulação insuficientes e inconsistentes, que foram elaborados para um sistema de educação superior de tamanho sensivelmente inferior ao atual, com referenciais de qualidade, por exemplo, datados de 2007. A compreensão desse contexto não justifica a suspensão de diversos cursos superiores a distância que vem sendo efetivada pelo MEC. A superação da dicotomia legal educação a distância/presencial, a partir da definição da modalidade de ensino e aprendizagem híbridos na legislação brasileira, tende a contribuir para um futuro em que as Diretrizes Curriculares Nacionais e as Instituições de Ensino Superior possam propor diferentes combinações de presencialidade e virtualidade.
 
Palavras-chave: Ensino híbrido. Aprendizagem híbrida. Blended learning. Ensino a distância. EaD.

Acesse a revista neste link.



 
Compartilhar:
Copyright - Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED