TEXTOS EAD (Os textos publicados nesta sessão são de responsabilidade dos autores)

O estágio supervisionado nas Licenciaturas07/02/2024
Presidência, Vice-Presidência e Diretoria da ABED
Conselho de Ética e Qualidade da ABED
Conselho Científico da ABED

Destaca-se como um aspecto relevante no cenário educacional a ausência de uma regulamentação específica para a supervisão de estágios em licenciaturas, tanto em cursos presenciais quanto na modalidade de Ensino a Distância (EAD). Independentemente da modalidade de ensino, o estágio supervisionado sempre será realizado de forma presencial pelo aluno, com supervisão de um profissional. 

O estágio supervisionado desempenha um papel crucial na formação do aluno, proporcionando uma ponte vital entre a teoria acadêmica e a prática profissional. Ao se engajar em experiências práticas dentro do contexto do estágio, os alunos têm a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula a situações do mundo real. Essa aplicação prática não apenas solidifica a compreensão teórica, mas também permite que os estudantes desenvolvam habilidades práticas essenciais para sua futura atuação profissional.

Além disso, o estágio supervisionado oferece ao aluno a chance de vivenciar o ambiente de trabalho específico de sua área de formação, proporcionando uma compreensão mais profunda da dinâmica profissional, dos desafios enfrentados e das práticas cotidianas. Essa imersão prática contribui para o desenvolvimento de uma perspectiva mais abrangente e contextualizada sobre sua futura profissão.

Ao interagir com profissionais experientes, os estagiários têm a oportunidade de adquirir insights valiosos, orientações práticas e feedback direto. Essa interação colaborativa com profissionais do campo não apenas enriquece o aprendizado do aluno, mas também auxilia na construção de redes de contatos profissionais, essenciais para o crescimento e desenvolvimento futuro na carreira.
A partir do exposto, destaca-se que o estágio supervisionado sempre será de natureza presencial para o aluno, uma vez que a sua integralização presencial não impacta em percentuais exigidos para a modalidade EAD, exigidos pela legislação educacional do sistema federal de ensino.

Tanto os estágios curriculares, integrados ao currículo, quanto os não-obrigatórios, que não fazem parte da estrutura curricular, estão sujeitos às normativas da Lei de Estágio, com supervisão e regulação do Ministério Público.


CLIQUE AQUI para baixar a versão em PDF

 
Compartilhar:
Copyright - Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED