EVENTOS EAD > CICLO DE CURSOS E PALESTRAS ABED

Bolsistas da UAB iniciam trabalho em novembro 04/09/2006


As instituições federais de ensino superior escolheram os professores que vão trabalhar com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), em um projeto que ofertará 90 mil vagas na educação superior a distância em todo o país. Cada uma das 50 instituições parceiras da UAB - 40 universidades federais e dez centros federais de educação tecnológica (Cefets) - indicou dois bolsistas.

Em novembro, eles começam a trabalhar em pesquisas e nos conteúdos das disciplinas e vestibulares para o ingresso nos cursos. O MEC pagará R$ 1.200,00 mensais a cada bolsista.

Na última sexta-feira o ministro da Educação, Fernando Haddad, se reuniu com dirigentes da UAB, de estatais e da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) para discutir a expansão da Universidade Aberta, que já oferece o curso de administração a
distância, com dez mil vagas. Dos 429 projetos de criação de pólos inscritos no início do ano, a UAB selecionou 326, dos quais 175 começarão a ofertar cursos já em abril de 2007, outros 111 em setembro de 2007 e os demais em 2008. A lista com o nome dos 175 primeiros pólos da universidade será divulgada em novembro, no Diário Oficial da União.


Fonte: Nota 10
Compartilhar:
Copyright - Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED