CATÁLOGO DE CURSOS > GESTÃO DOS RISCOS EM PROJETOS E OBRAS

Gestão dos riscos em projetos e obras

Nome do Curso: Treinamento de Gestão de Riscos em Projetos e Obras


Curso totalmente Gratuito - os inscritos somente pagarão uma taxa de R$10,00 por dia de aula para o lanche.

Inicio do curso:

09/01/2017

Local do curso: Crea-RJ auditório do 4º andar

Carga Horária: 54 horas presencial e 108 horas em Ead.

Três meses de duração - segundas e quintas-feiras das 18:00 às 21:00.
Valor do lanche por aula:
R$10,00 por aula x 18 = 180,00 por aluno.

Critérios e Requisitos para participação:

O limite de turma é de 25 vagas, sendo 20 vagas destinadas aos profissionais e 5 destinadas aos estudantes das áreas das engenharias que atendam as regras estabelecidas de seleção.

Os participantes dessa capacitação devem comprovar:

1. Treinamento formal de gestão de projetos, preferencialmente no nível intermediário ou profissional;


2. Participação ativa na execução ou supervisão de obras e projetos, nos últimos 2 anos de forma efetiva – sempre por registro de ART acertadamente preenchida;

3. Participação de dinâmica de entrevistas sobre as experiências em obras e gestão, a ser conduzida pela equipe do Crea-RJ (Progredir) e da Ecthos CD;
4. No caso dos estudantes, eles devem comprovar matrícula no último período de Engenharia, ou fazer parte integrante e ativa em empresa júnior da área das Engenharias (preferencialmente produção e civil). Deve também estar inscrito no Programa Crea Júnior-RJ do Crea-RJ.
Link para inscrição no Crea Júnior-RJ:
www.crea-rj.org.br/progredir/cadastro-de-estudantes

5. Declaração de leitura e concordância do contrato de serviços. Extra.

6 - Participação de dinâmica de entrevistas sobre as experiências em obras e gestão, a ser conduzida pela equipe do Crea-RJ (Progredir) e da Ecthos CD, após prazo de inscrições regulares e agendamento programado, entre os candidatos em número máximo de 5 participantes por vez.
7 - Toda documentação solicitada será exigida no ato da entrevista.

local de pré-inscrição: inserir o link do JotForm

De forma online, apenas. Colocar os anexos comprobatórios solicitados na pré-inscrição. (JotForm faz isso e o Progredir tem o software).
Inscrição conforme os seguintes dados planilha excel:

Nome - CPF - Registro no Crea-RJ - Graduação - Curso Superior - Bairro onde mora - Município - Celular - E-mail - Empresa que trabalha - Cargo Função -





Ementa Detalhada








I - Objetivo


Capacitar e não apenas informar ou ilustrar os conceitos, a metodologia, os parâmetros, e as condições para gerenciar os riscos dos projetos e obras.
Uma capacitação não se limita apenas à explanação de conceitos e exercícios, mas também enfatiza, através de um trabalho prático, uso de um um programa de obras real em andamento, com análise de recursos de financiamento, patrocínio e disponibilidade de recursos críticos.
Todo o trabalho será conduzido em aderência às melhores práticas de gestão em vigor, com normas técnicas e uso de aplicativo de gestão. Esse aplicativo de gestão, licenciado aos participantes sem custo, integra a gestão de riscos às gestões básicas e essenciais. Farta literatura indicada e fornecida para complemento e estudo.

II - Requisitos básicos para participação:

Os participantes dessa capacitação devem comprovar:

2.1.Treinamento formal e eficaz, de gestão de projetos básico/intermediário - certificados de conclusão de treinamento em GP – gerenciamento de projetos, com mínimo de 16h.

2.2.O uso dessas técnicas em obras e projetos Participação de dinâmica de entrevistas sobre as experiências em obras e gestão e suas aplicações, a ser conduzida pela equipe do Crea-RJ (Progredir) e da Ecthos CD, após prazo de inscrições regulares e agendamento programado, entre os candidatos em número máximo de 5 participantes por vez.


2.3. Prática de execução ou supervisão de obras e projetos recente - comprovação exclusiva por ARTs emitidas, cujos códigos estejam em aderência ao exercício solicitado designados pelo sistema Confea/Crea.


III - Critérios para destinação das vagas:

Teremos no início 25 vagas, sendo 20 vagas aos profissionais (haverá preferências aos profissionais das engenharias de Produção e Civil) e 5 vagas aos estudantes de engenharia que atendam as regras estabelecidas de seleção:
1. estudante do último período do curso de engenharia e membro do Programa Crea Júnior-RJ estudante;
2. certificado de treinamento de Gestão de Projetos maior que 16h, ou;
3. participante comprovado, em exercício ou não, de empresa juniores, que não estejam estagiando ou trabalhando.

Inscrição no Crea Júnior-RJ: www.crearj.org.br/progredir/cadastro-de-estudantes

IV - Metodologia:

O treinamento é hibrido, ou seja, com aulas presencias – informativas/formativas, com a prática de debates e trocas de experiências, e com estudo a distância. Atendendo às melhores práticas de educação presencial e à distância (ABED), as aulas presencias têm duração de 3 horas e seu complemento à distância, em 6 horas, praticadas em 3 horas a cada dia consecutivo e no intervalo entre as aulas presenciais, a exceção do Domingo. O apoio de tutoria ao ensino está prevista, sempre por profissionais experientes e treinados para a metodologia. Os exercícios a serem realizados pelos praticantes são sempre de forma discursiva e/ou de apresentação de resultados, podendo ser individuais e/ou em grupo.

Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED em www.abed.org.br

V - Resultados:

Os profissionais serão capazes de apresentar resultados sob demanda, e não apenas mapas de planejamento de obras e projetos sob o título de riscos, possuindo meios de ser “solução”, ainda municiados com ferramentas e técnicas. Não apenas informações gerais.

VI - Mudanças de Paradigmas:

Nessa parte os entendimentos e a estratégia de planejamento serão utilizados pelos participantes. O conhecimento de gestão será reapresentado para novos paradigmas de tratamento.

VII - Ementa:
Aula 01 - A dinâmica da capacitação
Demonstração do ambiente de estudo, apresentação da metodologia de ensino e os resultados previstos. O entendimento de tutoria e aula, a importância dos exercícios de fixação e debate, assim como a proposta final do curso e as regras de aprovação continua.

Aula 02 - reciclagem de GP - planejamento
Nessa aula se recicla e renova o entendimento, por vezes defasado ou sedimentado, para reconhecimento do estado da arte, abordando minimamente as 13 áreas de referência de conhecimento, sendo enfatizados o tempo e o custo do projeto. A definição de um método de montagem de plano de projeto será apresentada.

Aula 03 - reciclagem de GP - controle
Nessa aula se recicla o entendimento de monitoramento e controle, destacando-se também esse processo, por vezes não abordado, em treinamentos convencionais de riscos. A definição de um método de monitoramento e de práticas de controle será apresentada.

Introdução a Análise de Risco:

As técnicas existentes, nem todas de fato aplicadas, devem ser entendidas para depois serem utilizadas nos projetos. Aqui não se decide fazer ou não fazer, decide-se o que deve ser considerado para garantir que vai acontecer.

Aula 04 - Em Investimentos e em Projetos e obras
Há uma diferença, muitas vezes confundida aqui e no nosso dia a dia. Nessa aula a proposta é deixar claro sobre o que tratamos: a garantia da realização da obra e não a decisão de ir ou não ir.

O que é gestão de riscos do projeto e obra:

Abordando os seis processos tradicionais, acrescido de mais um, indo além do tradicional ou do conhecimento primário promulgado. O entendimento desse trabalho e montagem de equipe e raramente necessária para tal, será apresentado ao grupo. Discussão de metodologia e quantidade de participantes é um dos temas a serem trabalhados.

Aula 05 – O planejamento dos Riscos de um Projeto
Essa etapa é uma evolução nas melhores práticas, tendo em vista que nada pode ser feito sem uma diretriz. Análise dos motivos, limites e indicadores, assim como o resgate dos termos de referência de um projeto ou contrato, é um dos itens mais importantes aqui.

Aula 06 - A identificação dos Riscos do Projeto
Mais que prática de um brainstorm, a identificação e os riscos abre espaço para a sua qualificação e importância. Cada caso é um caso e aqui teremos essa oportunidade

Aula 07 – Noções Básicas de Métodos de seleção e priorização
Quais as técnicas existentes, quais as ferramentas que podem ser utilizadas para esse fim. A participação das diretrizes das empresas, das normas técnicas e de segurança, são invocadas aqui. Matriz GUT e Matriz de Importância são elementos abordados.

Aula 08 – Noções Básicas de Estatística
Aqui a reciclagem dos conceitos de estatística são fatos consumados, com exercício de resgate de conceitos e aplicações em modelagem. A ferramenta começa a ser apresentada, tanto o Excel, quanto o Spider Project. A metodologia de Monte Carlo aqui apresentada é atual.

A reavaliação do cronograma e dos custos do Projeto

Momento de rever o previsto em condições ideais e acadêmicas, como por exemplo, o que acontece de fato ou pode acontecer, se todas as incertezas se tornarem verdades. Essas análises se mostram em relatórios e municiarão os gestores a definir as respostas necessárias.

Aula 09 – Análise Probabilísticas e Modelos de Simulação de Monte Carlo
Simulações e modelagens não restritas ou limitadas a ferramenta, como demanda de resultados reais, multidimensionais. Interpretações e relatórios.

Aula 10 – Análise de Cenários- Curva Liberzon
Apresentação de uma técnica nova e eficaz para avaliação de riscos em projetos; conceito de lastros de apoio e tomada de decisão.

O plano de Respostas aos Riscos do Projeto

Em face ao que é encontrado com ameaça ao nosso projeto, uma resposta preventiva e preditiva deve ser produzida, dentro das três ações verdadeiras possíveis: aceitar, mitigar e contingenciar. Descarta-se aqui a transferência, pois ela de fato não resolve os problemas práticos.

Aula 11– Simulação e Revisão das atividades e despesas do projeto
Aplicação de ramos de decisão, ponderação de ações de contingenciamento e de mitigação ao projeto, observando os resultados nas diversas metas do projeto.

Aula 12 – Reforço das Metas do Projeto
A tomada de decisão do mais provável a ser assumido como certo, assim reafirmando o grau de certeza do alcance das metas.

Respostas de Valor

Somente com atitude se consegue alcançar os objetivos. Entender como está e saber o que fazer é a função do gerente eficaz. O plano definido no entendimento dos riscos dá agora ao projeto ou obra a maior garantia de realmente acontecer.

Aula 13 – O monitoramento e o controle dos Riscos do Projeto
Práticas e métodos de monitoramento, as equipes e os perfis necessários para essa atividade. O controle entra como ação do gestor na reprogramação das atividades e liberação de nova linha de base, na busca da manutenção das metas.

Aula 14 – Analise de Impacto nos prazos
O relatório dos impactos nos prazos e datas de realização são importantes para abrir o grau de precisão e sucesso em andamento. Serão trabalhados cenários diversos para esta aula.

Aula 15 – Analise de Impacto nos custos
O relatório dos impactos nos custos e plano de desembolso são importantes para abrir o grau de precisão e sucesso em andamento. Serão trabalhados cenários diversos para essa aula.
Instituição: Ecthos consultoria e desenvolvimento
Área: Engenharia e gestão
Nível: Capacitação
Credenciado pelo MEC: Não
Telefone: 21-98181-1400
Responsável: Marcus possi
Copyright - Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED