NOTÍCIAS

Grupo de pesquisa do CIn-UFPE lança Exodia, nova versão do ambiente virtual Openredu17/04/2017
Evento de lançamento será realizado no Anfiteatro do Centro, no dia 18 de abril, às 17h  

O grupo de pesquisa do CIn-UFPE CCTE, desenvolvedora da plataforma Openredu, vai realizar no próximo dia 18 o lançamento de sua nova distribuição: a Exodia. Nomeada em homenagem ao personagem homônimo de Yu-Gi-Oh!, a versão 1.1.0 do ambiente virtual teve como principal objetivo tornar o Openredu mais independente de serviços pagos, além de remover as restrições relacionadas a cobrança de uso. O lançamento será realizado às 17h no Anfiteatro do CIn-UFPE e tem como público-alvo pessoas que atuam na área de educação, tecnologia educacional e EAD - mas todos os interessados podem participar.

Segundo Yves Bouckaert, líder técnico da comunidade Openredu, o nome dado ao novo release da plataforma tem relação com a missão de desenvolver e promover tecnologias que inspirem experiências libertadoras de aprendizagem. “Ao longo do ciclo de desenvolvimento dessa versão, diversas vezes mencionamos a necessidade de ‘libertar’ o Openredu das dependências de serviços pagos como uma premissa para que ele se tornasse um software livre fidedigno, apto a ser instalado e usado em sua plenitude, sem qualquer custo.” E nesse caminho, surgiu a ideia de relacionar a versão ao personagem Exodia, da série de mangá Yu-Gi-Oh!.  “Em um episódio, ao quebrar suas correntes, ele é capaz de vencer qualquer inimigo. Esse simbolismo e jovialidade representa perfeitamente o momento que estamos vivendo na comunidade, por isso elegemos esse codename para a versão”, completou Yves.

O Openredu está à disposição de instituições de ensino e empresas para uso no setor de educação de forma gratuita. A plataforma torna simples a oferta de cursos a distância e pode servir como ambiente de colaboração entre professores e alunos em vários níveis de ensino. “O Openredu permite o compartilhamento e colaboração em torno de conteúdos facilmente disponibilizados em suas interfaces. O treinamento de professores é desnecessário, pois suas interfaces são muito simples de usar”, comentou Alex Sandro, professor do CIn-UFPE e um dos desenvolvedores da plataforma.

A nova versão remove dependência de serviços pagos, como os relacionados a chats de suporte, de usuários, transcoder de vídeos, serviço de cobrança e armazenamento. Além disso, o novo release corrige falhas anteriores e reativa o acesso à plataforma por meio do Facebook.

Em novembro de 2016, o Openredu realizou a transferência com licença livre para operação em escala da Secretaria de Educação de Pernambuco, disponibilizando-a para uso ilimitado em cursos abertos à distância e para expansão do uso nas escolas da rede estadual. Mais de 100 escolas de Pernambuco já utilizavam o Openredu em junho de 2015.

O CIn-UFPE coordena a Comunidade Openredu e esta nova versão é o resultado do investimento de quase dois anos de desenvolvimento contínuo na plataforma. O trabalho teve como objetivo um ambiente virtual mais fácil de ser apropriado por redes públicas de ensino e instituições que precisem realizar formação de pessoas usando ambientes de aprendizagem. O Openredu e está disponível tanto em navegadores quanto na plataforma android.

A tecnologia foi desenvolvida pelo CCTE (ciências cognitivas e tecnologia educacional), grupo de pesquisa do CIn-UFPE com uma abordagem interdisciplinar, formado por pesquisadores das áreas de ciência da computação, psicologia cognitiva, estatísticas e educação. Além do Openredu, o grupo também lançou outros modelos de ambientes de aprendizagem, como o sistema de gerenciamento de aprendizagem Amadeus e a plataforma de aprendizagem ubíqua Youubi.

Lançamento do Openredu 1.1.0: Exodia
Local: Anfiteatro do CIn-UFPE
Data e horário: 18/04, às 17h

Site do Openredu: http://openredu.cin.ufpe.br/?lang=pt 
Compartilhar:
Copyright - Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED